Freguesia de Vila Nova - Miranda do Corvo
  
                               
Todas as localidades da freguesia têm água ao domicílio e energia eléctrica.
A sede de freguesia teve electricidade em Dezembro de 1930. 
De acordo com a acta da sessão da Comissão Administrativa da Câmara Municipal, datada de 03 de Setembro de 1930, resolveu-se que a firma Padilha, Rebelo & Companhia Lda, da Lousã, iria estabelecer a ligação eléctrica com o lugar de Vila Nova, de acordo com um contracto com a firma.
Na sessão de 1 de Outubro de 1930, acusa-se a recepção de uma carta, dessa firma, cujo conteúdo é um compromisso de construção da rede para iluminação pública, no lugar de Vila Nova, pela importância de dois mil setecentos e cinquenta escudos (2.750$00 = cerca de 13,75€) e comunica que é necessário realizar um contracto por escritura pública, com a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal, dando assim a empresa inicio aos trabalhos, logo que esteja a escritura feita.
A Câmara Municipal resolve então mandar um ofício à Junta de Freguesia de Vila Nova afim de se marcar data e hora para a realização do contracto.
A água ao domicílio chegou à freguesia após o 25 de Abril.
O saneamento básico foi instalado na sede de freguesia em finais da década de 70, durante o mandato do engenheiro Simões Pereira, que presidiu à autarquia entre 1976-1979. Neste momento, para além de Vila Nova, este equipamento já está instalado no Gondramaz, em S.Gens, no Pisão e em parte da Sandoeira.


    • Autarcas
    • Geografia
    • Demografia
    • Serviços
    • Resenha
    • Heráldica
    • Património
    • Padroeiro
                  
Copyright © Todos os direitos reservados. Proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, sem prévia permissão por escrito da junta de Freguesia.

171712 visitas até ao momento.

A minha rua | Notícias | Imprensa | Contactos